BEBEU? ENTÃO POR FAVOR NÃO DIRIJA!





Fico aqui remexendo os meus miolos tentando entender  o que me parece um complô contra felizes idosos que descansam ou se exercitam nas praças. Sem fazer alarde ou colocar caraminholas na cabeça de quem quer que seja gostaria de entender como pessoas aparentemente normais vestem-se da intolerante irresponsabilidade e abusando de bebidas alcoólicas saem pelas ruas, dirigido embriagados e cruelmente tiram a vida dos idosos em seus momentos de lazer.  Digo que parece um complô pois em menos de quinze dias tivemos aqui em Curitiba o relato de duas dessas ocorrências de pessoas que abusando do seu direito de fazer o que quiser, o que bem der na telha, enchem a cara de cachaça e roubam vidas que fazem parte e são os amores de outras vidas que os esperam voltar pra casa, e a essas não retornarão mais. Difícil é entender que essas pessoas, esses bêbados tem famílias, são amados também e também andam pelas ruas e praças da cidade. A dor dos familiares dessas vítimas se transformam em revolta pelo pouco caso que os assassinos demonstram, assim como causa revoltam a nós também quando alem de tudo ouvimos um dos assassinos desses idosos ao ser interrogado por um policial ou um repórter não me lembro bem, de como se sentia por ter bebido e tirado a vida de um inocente o cara na maior cara de pau respondeu com outra pergunta , disse:" Eu quero é saber quem vai pagar o conserto do meu carro!" se referindo ao carro que ele usou como arma e que após bater  e derrubar uma árvore, acabou por matar o idoso em seu banho de sol. Jesus, Senhor amado, que absurdo é esse?!!! O carro lhe parecia mais importante!!! 
O outro foi no dia 03 de dezembro antes de ontem, a idosa fazia os seus exercícios numas das graciosas academias ao ar livre que temos por aqui na cidade, e infelizmente não voltará mais para casa, seus familiares não a verão entrar mais pela porta, feliz pela caminhada concluída, isso porque um demente achou que não havia bebido o bastante e que podia dirigir sem nenhum problema. Como consequência matou a idosa que se exercitava tranquilamente. Enfim, arrumou problema para ele e uma enorme dor que nesse caso não terá solução para a idosa e sua família. Mundão louco! Mundo cão esse em que as pessoas querem seus direitos de pensar e agir ( No que eu concordo e assino em baixo!) Mas esquecem que os nossos direitos terminam quando começam os direitos dos outros. Direito de pensar, agir, viver , de descansar e se exercitar  nas praças tranquilamente como deve ser, e ser recebido de volta em casa, sãos e salvos junto os seus familiares queridos. Os nossos direitos terminam bem ali colados aos direitos dos outros. Bebam o quanto quiserem, façam da sua vida o que quiserem, se assim for a sua vontade mas não tirem a vida de ninguém por isso. Vejam bem, não digo que bebam, digo: " Bebam se quiserem!!!" Apenas e simplesmente se quiserem, porque a vida é sua e você faz dela o que quiser, ( Ou pensa que faz!) mas por ter você o livre arbítrio de ser um bêbado, não seja também um irresponsável, não dirija! Não tire a vida de ninguém! 
Esse direito, com certeza você não tem!

Di Vieira

Comentários

Postagens mais visitadas