sábado, 23 de outubro de 2010

ESTAREI SEMPRE CONTIGO!




Anda, põe a carga nas costas,
É leve e sobretudo necessária!
São suprimentos, água pra sede, comida pra você não enfraquecer
E a rede, pra não se descuidar do seu ofício
Vamos, deixe de lamento!
As dores são como pedras na estrada
Pedras que ferem seus pés nessa caminhada
Mas quando chega a tarde, hora do seu descanso
Eu mesmo lavarei suas feridas com bálsamo de flores
Meditaremos juntos sobre o princípio das dores, e o fundamento do teu ser,
Amores, morte e vida, prazer, querer e não querer,
Poder, e nem tudo convir,
O quanto chorar, o poder sorrir, medir e ser medido.
Te deixo lâmpadas com azeite pra não ficar desprevenido,
Vestes limpas, sem mágoas no coração,
Sem obstáculos que te afetem a visão.
E eu estarei contigo todos os dias, todas as noites
Por mais escura e ameaçadora que seja,
Mesmo que ninguem te veja ou te dê abrigo,
Eu estarei sempre contigo, você sempre irá saber,
A cada dia de chuva ou de sol, na madrugada,
A cada amanhecer, a cada anoitecer. 
Quando eu falar ou ficar mudo,
É que às vezes me calo pra te ouvir!
Te consolo quando choras, fico feliz quando você sorri!
És minha grande e mais perfeita obra!
Se te ponho à prova por alguns momentos
É pra agilizar teu crescimento, amansar tua alma,
Em troca te dou sabedoria, ponderação e calma,
Pra poder ver as coisas como de verdade são,
Vamos! Não desanime! 
Fardo leve, julgo suave, e tudo o que precisa pra sobreviver nessa viagem,
Que tem um tempo preciso, pra chegar ao paraíso que será eterno.
Céu, inferno, vida e morte,
O Senhor é a tua sorte, o motivo da tua esperança,
Então olhos firme no alvo, naquEle que pode de verdade dizer: Eu te salvo!
NEle põe tua confiança, porque os vencedores 
São aqueles que não deixaram de lado a PERSEVERANÇA!!!

Di Vieira

terça-feira, 19 de outubro de 2010

É SÓ TRABALHO!



Em uma conversa informal essa semana ouvi mais uma vez o jargão " é só trabalho!" como uma aparente justificativa para algumas atitudes que "  julgamos "e "condenamos" nos outros como completamente erradas. Então meus pensamentos fizeram um retrocesso trazendo de volta lembranças de uma pessoa querida. Sim, mesmo sendo pessoas queridas me dou o direito de não concordar com algumas opiniões e ou jeito de viver a vida, assim como muitos discordam de mim por vários motivos,! A pessoa de quem me lembrei, era uma bela negra, alta e esguia, bonita mesmo! E apesar do olhar severo, tinha um coração amoroso por demais, pelo menos para mim. Assim eu sempre a vi, e sempre me recordarei dela desse jeito. Só que nessa conversa informal a poucos dias, com uma pessoa que conheço a algum tempo, me fez lembrar do lado da história dessa minha conhecida, que eu acho muito discutível! Que é o fato de justificar uma coisa que achavamos errado, com o furado disfarce do " é só trabalho! "E o pior disso tudo é que quase sempre engolimos isso, ou fingimos que concordamos, sorrindo ou balançando a cabeça em sinal de aprovação!
Na minha adolecência, alguem me contou ( o motivo não me lembro, mas não foi uma simples fofoca!) que o" trabalho " que essa minha querida fazia à noite não era lá muito convencional ou dirão os acusadores de plantão que era uma profissão não muito santa!
Achei estranho porque como já disse, ela era muito severa com o comportamento da filha, e durante o dia tinha umas regras de vida bem comportada, contas pagas em dia, respeito aos vizinhos, tanto é que ninguem sabia dessa sua vida paralela, mas era o lance do "Faça o que eu digo, não faça o que eu faço! " que discuto e não me conformo, ( apesar de que essa revelação não mudou o meu carinho por ela nem um pouco! ) Mas o que me disseram em seguida como se fosse justificável, me fez e faz pensar nas coisas que dizemos e repetimos tantas vezes ( Como diz o outro! ) até parecer que é verdade: "Querida, é só trabalho,"! Fico boquiaberta também com a nossa atitude e disposição de aceitar isso como uma verdade absoluta. Quer dizer então que baseado nessa visão discordante, posso tocar, e ou cantar para outras pessoas dançarem, mesmo achando errado, promíscuo e pecaminoso, só porque é trabalho? Posso fazer a contabilidade de uma boca de fumo mesmo não fumando, só porque é trabalho? Posso fazer sei lá tantas outras coisas, que por algum motivo ache errado, só porque é trabalho? Ora vejam só! Mandamos os outros para o inferno, com acusações, e dedos apontados, por coisas que fazemos igual, parecido, ou até piores,  Mas com a gente...seja o que for, e como for,... é só trabalho! Me perdoem mas acho isso tudo extremamente incoerente, e embora seja eu partidária do "Cada um é responsável pelo que faz!"e do "Cada um cuida de si, proponho aos dedões estendidos e críticos, que por favor, parem de julgar os outros e cuidem do seu próprio...!!!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

PENSANDO NO QUE É MODERNO!

O BEIJO.
Acho que sou uma pessoa um pouco estranha, gosto de tudo que é moderno, gosto de estar por dentro de tudo que diz respeito a tecnologia, muito embora quero confessar que sou uma iniciante desejosa de aprender, mas ainda sem muito saber.
Percebo no entanto que há uma grande diferença em aceitar, e se integrar a modernidade, e ou fazer dela ferramenta para destruir as coisas boas de educação, convivência, e sabedoria natural que o tempo e as tradições nos ensinaram e as quais nos fizeram chegar até aqui.
Não questiono se são todas aplicáveis hoje em dia, mas não posso deixar de acreditar que todas elas nos ensinaram coisas; obviamente coisas que não queremos repetir e coisas que precisamos levar pela vida afora até para mantermos o equilibrio emocional e a convivência social.
Fiquei a pensar nisso percebendo o quão pouco conversamos com nossos familiares, vizinhos, e companheiros pessoalmente, isso nos faz conhece-los menos, e como acredito que amor não é uma herança e sim, uma conquista diária, fica em minha alma a sensação de que amamos menos do que poderíamos.
Me pergunto e te pergunto, a quantos dias não abraçamos a quem amamos? Eu digo um abraço daqueles que pela proximidade, se pode sentir o coração batendo forte, aquele abraço que de fato os braços envolvem o corpo do outro, enfim...Ha quanto tempo não escutamos o que ele tem a nos dizer,? Ha quanto tempo não dizemos para ele o que sentimos, sejam uns poucos acertos sobre pequenas mágoas solucionáveis que acumuladas ficam monstruosas, ou (o que é melhor) o quanto somos felizes por ele fazer parte de nossas vidas? Parece bobagem, ou b...de dizer, mas se alguem que você ama te dissesse isso,  pelo menos por um momento você não seria mais feliz?
Ando pensando nisso! Talves eu seja um pouco retardada, ou melancólica, sentimental demais sei lá, mas prefiro ser qualquer uma dessas coisas do que ser alguem que se esquece, ou não percebe, que falar e fazer amor,  ser gentil, delicada, amorosa, e familiarmente aconchegada, pode com certeza fazer a minha e a sua vida mais tranquila, mais saborosa, então junte a tudo isso, A Maravilhosa Modernidade, e A Fabulosa e Estonteante Tecnologia!   Aí então "cara" nada nos impedirá de sermos Felizes Para Sempre!

domingo, 3 de outubro de 2010

SEJAM BEM VINDOS!!!

Depois da confusão, do barulho dos autofalantes, do agito dos candidatos em plena campanha eleitoral, 
se faz em meu bairro um pesado silêncio!                
O silêncio da anti sala de um consultório médico,  o silêncio da espera! 
Cumprimos com o nosso direitobrigação. 
Fizemos tudo direitinho como manda o figurino. 
E Agora?
Agora, esperamos que "eles" cumpram com a obrigação que lhes cabe, e que a nós é devida. Esperamos que eles queiram ter lá dentro d'alma, a sensação boa de fazer as coisas certas, e direito, 
De desejar fazer sempre o melhor possível, e quase o impossível, para servir a sua nação! 
Espero tambem que saibam de verdade que dinheiro, posição social, e autoridade, podem ser coisas boas e úteis, mas essas coisas não são tudo! 
Espero que depois de eleitos eles se lembrem das criancinhas sujas, mal cuidadas, mal alimentadas que eles pegaram no colo e juraram providências, Dos idosos que lhe falaram com tanto amor, mas que estão sem os remédios no posto de saúde, 
De todos que enfrentam todo tipo de necessidade e discriminação sejam quais forem os motivos,
Da falta de emprego para jovens sem experiência, e  pessôas com mais de quarenta que estão cheios dela!  
E o que direi então da violência que faz de nos pessôas presas o tempo inteiro aos assaltos e sobressaltos, aos bondes, às balas perdidas.
No item violência, estamos todos em igual dificuldade, somos todos refens do submundo.
Sei que não se resolverá tudo em um dia, ou em um mandato, mas por favor, comecem já, e com toda a força que há no coração de vocês! 
É o mínimo do que eu espero, Mas por favor, me surpreendam com coisas melhores!!!
Ah! Lembrem-se bem do que com certeza disse-lhe sua mãezinha um dia, "Seja trabalhador, honesto, e cumpra sempre com a sua palavra meu filho assim eu serei feliz e muito orgulhosa de você!"
Dos vencedores, sejam eles quais forem, espero que não apareçam na tv em manchetes vergonhosas, ou que só voltem a dar as caras daqui a quatro anos, o que eu quero é que sejam MENSAGEIROS DO BEM, em respeito a uma nação tão decepcionada com tantos políticos, e que sejam fiéis aos votos recebidos. " SEJAM BEM VINDOS!"  
E NÒS,  PARA CUMPRIRMOS O NOSSO DEVER DE CIDADÃOS, ESTAREMOS SEMPRE ATENTOS!!!

Um olhar.

Angela era só doçura no olhar. Ao menos uma vez por semana passava em minha frente ali no balcão, comprava pão, dizia  coisas boas, ou e...