A CHAVE




Li certa vez que a chave que abre os ferrolhos, as fechaduras das portas, os cadeados etc... Não precisam ser originais, podem ser cópias, mas as cópias precisam ser idênticas aos protótipos, cada curva, cada detalhe igualzinho ao modelo original. Fiquei pensando nessa coisa que dizemos de que temos que abrir o coração para isso ou aquilo, ou para essa ou aquela pessoa , sabe como é né? Mas penso ser  estranho abrir o coração se não temos a chave,  e se essas chaves foram distribuídas e provavelmente estão nas mãos de quem vamos nos permitir amar e nos relacionar, muito embora talvez nesse exato  momento nem as conheçamos. Eu disse nos permitir relacionar  porque acredito que as chaves estão com eles, mas a permissão é nossa! Geralmente quem tem a chave original entra com facilidade em nossas vidas e só nos faz bem, e mesmo se algum problema houver, será facilmente solucionado por amor. As cópias no entanto às vezes emperram e quase sempre o que se tem a fazer é aplainar, refinar, aperfeiçoar um pouco mais, e pronto, pode-se conviver com ela para sempre! Se precisar, sempre se pode melhorar.
Tem aqueles que se metem na fresta da porta que você esqueceu aberta por um motivo qualquer , uma frágil situação emocional talvez, e você se surpreende com a conversa boa, o aparente jeito camaradão, e então permite que a pessoa fique! Ai essa pessoa toma o espaço, invade os cantinhos guardado para as  pessoas especiais da sua vida, se mete a dar palpite contrário sobre as coisas que você acredita, e faz isso sem nenhuma cerimônia e nenhum pudor. Lamentável, mas conquista por invasão não faz nada bem para o coração. Os invasores de coração querem conquistar a alma, tomar posse e submeter os dominados corações ao julgo do seu poder e vontade, diferente dos que têm as chaves originais ou mesmo as cópias, pois apesar de terem a chave pedem permissão para entrar, e entrando têm o desejo infinito de te fazer feliz doando amor, secando suas lágrimas, e te ajudando na caminhada da vida sempre que precisar . Essas pessoas estão por ai a fora com chaves originais que de certo ao menos uma cabe direitinho em seu coração, e várias e várias cópias que sendo devidamente refinadas só trarão felicidade em sua vida.
Ah! Eu queria lembrar que Cristo tem a chave original do seu, e do meu coração, mas como Ele não invade , está pedindo a você permissão para entrar e cear contigo uma eternidade. Permita, não há companhia melhor!

Comentários

Postagens mais visitadas