Batman Massacre - Polícia desarma armadilhas no apartamento do autor de ...






Talvez nesse momento eu pareça uma pobre e ingênua  pessoa,  ao acreditar que se quiséssemos poderíamos viver um pouco melhor nesse mundo que Deus nos deu. Embora eu saiba que o paraíso não é aqui, creio que poderíamos viver um pouco melhor junto aos familiares, vizinhos companheiros de trabalho etc...
Talvez vivêssemos melhor se descobríssemos e respeitássemos o direito de ser diferente que cada um tem, se os pais prestassem mais atenção aos filhos, se nós familiares nos reuníssemos frequentemente para rir de bobagens, nos abraçar e falar francamente sobre o que sentimos, sobre nossas convicções no amor de um Deus que não ama o pecado mas que perdoa sempre felizmente, e que assim devemos nós também fazer e de todo coração sem reservas! Se conversássemos mais sobre os assuntos que rolam, incluindo os assuntos sobre drogas, amigos, trabalho, estudos, religiões, seitas enfim, tudo que achamos atuais incluindo os que são para alguns um tabu. Talvez no começo alguns se sentissem um pouco constrangidos mas acredito que o entendimento chegaria com as informações que um e o outro buscaria para melhor compreensão sobre cada assunto. Sei que nada disso valeria a pena se não colocássemos cada assunto a ser discutido nas mãos de Deus, carecidos que somos da sua direção em nossas vidas, mas não pode haver distancia quando se trata de amor, de querer bem, não pode haver assuntos que não se possa falar um com o outro quando se ama, (Mesmo estando distante geograficamente). Já ouvi pessoas dizer que não falaram nada sobre alguns assuntos que na ocasião acharam pertinentes só porque não queriam se aborrecer e aborrecer a outrem, achavam que o tempo faria tudo mudar sem maiores consequências, mas no fim se aborreceram e muito mais do que precisava ser,  tendo o problema implicações  graves para um numero maior de pessoas que afinal nada tinham a ver coma situação. Fico falando essas coisas porque me aperreio com essas tragédias loucas, e penso que houve no passado um momento familiar que tudo isso de alguma forma poderia ser evitado. Existem algumas atitudes no ambiente familiar que não adianta fingir que a gente não viu, não percebeu, que é só um  jeito de ser.Se percebermos que algo estranho está acontecendo com um ser amado, ao contrário do que muitos pensam ou fazem, eu acredito que é o momento de ficarmos mais próximos, de  auxiliarmos com equilíbrio, de tomarmos as providencias necessárias que a situação vier a exigir, porque nesse e em outros casos eu acredito que  o amor, o cuidado e a prevenção pode sim salvar.

Di Vieira

Comentários

Postagens mais visitadas