O PRÍNCIPE DA PAZ!


 A HUMILDADE DO LEÃO.



"Jesus não excluía nenhuma palavra da verdade, mas as falava com amor, sem  exaltação, sem fúria, tinha tato com as pessoas. Nunca era rude, nunca falava desnecessariamente uma palavra ríspida ou constrangedora a alguém. Jamais causou dor desnecessária a uma alma sensível, nunca censurava a fraqueza humana. Mesmo quando a fraqueza era por disputar quem seria o melhor, o maior, mesmo quando a disputa era sobre quem seria ou não o maior entre os seus discípulos amados. Na verdade para isso estabeleceu uma criança como ponto de referência,  para destacar a humildade dos que querem segui-lo:"Se alguém quer ser o primeiro, deve ficar em ultimo lugar e servir a todos!"Mateus 18-1-5.
Falava a verdade, mas sempre com amor, denunciava a hipocrisia, a incredulidade e a iniquidade, mas havia lágrimas em sua voz.
Humilde chorou sobre Jerusalém, a cidade que amava, mas que não queria recebê-lo. Poderia ter invadido, impondo a sua vontade, poderia ter  ignorado para sempre ou deixado de amar, Mas não, sua vida era de abnegação e profundo cuidado pelos outros, pelas almas caídas.
E toda alma aos seus olhos era preciosa e digna de atenção, independente de cor, raça, da situação financeira, ou pelo seu traje. Nunca perguntava qual o seu trabalho ou quanto recebia de salário, isso não era importante, apesar de saber antes que o dissessem. Marcos 10-21 (O homem rico).
Sua morte não foi sacrifício por algumas pessoas, não foi sacrifício à toa, não foi sacrifício por nada, Ele se sacrificou por alguém que amava grandemente, Ele se sacrificou pelo pecador, que sou eu  e você! Esse amor repleto de compaixão nos deu liberdade, nos permitiu aproximação com Deus pai, nos concedeu salvação e vida eterna, porque Ele venceu a morte, ressuscitou, vive, e voltara um dia como prometeu. Algumas pessoas querem destaca-lo como O Leão da Tribo de Judá, e Ele o é, afinal foi Ele quem venceu a morte e nos libertou, nos deu a chave da vitória! Só O Leão da Tribo de Judá poderia fazer isso. Mas após a vitória o Leão não urrou, batendo no peito e se gloriando, ao contrário, olhou-nos e como se fosse um abraço geral nos disse:"A minha Paz vos dou!" "Estarei convosco todos os dias até a consumação dos séculos." "Voltarei para vos!" Isso tudo com o carinho, mansidão e a humildade de sempre.
Ele voltará, Ele prometeu!  Quem irá? Ele, e só Ele sabe, Ele conhece os corações e os avaliará por isso.
Ele prometeu!  Ele voltará!
Ele não mente, não provoca, não se exalta, nunca é rude ou agressivo, Ele é Jesus de Nazaré, 
Jesus O Cristo, único exemplo para ser seguido!


Um textos que li em Voando nas alturas, uns comentários, complementos e anotações .

Comentários

Postagens mais visitadas