Discípulos do amor



Ninguém pode caminhar ao lado de Jesus e permanecer sendo a mesma pessoa sempre.
Fico pensando naqueles que estavam com Ele no caminho de Emaús,
Em João e sua personalidade impetuosa, rude e violenta.
No Paulo e seu encontro maravilhoso com Deus que o fez desistir de perseguir a igreja de Jesus, e ser ele mesmo um dos perseguidos por amor a Cristo.
Ninguém, absolutamente ninguém pode estando ao lado de Jesus, continuar sendo a mesma pessoa.
Todos nós de alguma forma somos transformados, pelo seu exemplo de vida pelo Espírito que nele habita do qual nos concedeu a virtude.
Virtude esta que nos inquieta a alma, nos faz confessar, pedir sinceramente o seu perdão, ou o perdão dos que de alguma maneira ferimos, magoamos, e através do perdão, receber pela graça a renovação do espírito.
Aí então, já não seremos os mesmos que ontem, e crescendo na graça, não seremos os mesmo amanhã, pois caminhando ao lado do Mestre, ouvindo sua voz e seus ensinamentos, jamais voltaremos a sermos os mesmos.
Somos discípulos e soldados de Cristo, estamos constantemente em guerra contra o mal, mas ao contrário do que se pensa, a guerra é muito mais interior que exterior, é a nossa constante luta pessoal e transformação espiritual.
O cristão não pode ser perseguidor de gente simples e inocente, como Paulo o foi, nem um ser rude e violento como o apostolo João, antes das transformações.
E assim somos nós, transformados todos os dias, cada pequenino detalhe que às vezes só percebemos com o passar do tempo.
Já não vivemos por viver apenas, mas Ele misericordiosamente vive em nós!
Aqueles que caminham ao lado do Mestre e foram chamados pelo seu grande amor e paixão, 
Deixam-se transformar por sua presença, 
Por Ele, deixam-se moldar em tudo.
Também por Ele, nós pecadores, fomos convidados a pescar, não com redes, não por força nem violência, mas com amor e por amor!
Por Ele, crescemos em graça a cada dia para vivermos como seus discípulos, os discípulos de um amado e amoroso Senhor, que pela graça serão chamados, discípulos do amor.


Di Vieira

Comentários

Postagens mais visitadas